Depois de comemorar ruidosamente, há três semanas, a absolvição de João Vaccari Neto em um dos processos que responde por corrupção, o PT entrou em estado de choque com a nova condenação do homem do pixuleco.

Sete horas depois da decisão do TRF-4, o PT finalmente se manifestou de modo oficial sobre o aumento da pena de seu ex-tesoureiro.

Em nota, a Comissão Executiva Nacional do partido repetiu a conversa mole de sempre: disse que “não há provas” e que a decisão foi uma injustiça contra o “companheiro João Vaccari”.

“O PT está solidário com Vaccari e sua família e confia que a Justiça ainda será feita”, diz a nota.

 

Compartilhe:
  •  
  •  
  •  
  •  
  •  

Deixe uma resposta