Ucho.Info

O analfabetismo da senadora Gleisi Helena Hoffmann (PT-PR) em termos de economia é bastante conhecido, mas mesmo assim a petista conseguiu a inexplicável proeza de presidir a Comissão de Assuntos Econômicos do Senado (CAE) até a recente eleição da nova Mesa Diretora da Casa.

Em 2011, quando patrocinou um projeto que triplicou (US$ 120 milhões para U$360 milhões) o valor da energia excedente da binacional Itaipu comprada pelo Brasil ao Paraguai, Gleisi afirmou que tal aumento não impactaria a conta de luz do brasileiro, porque o dinheiro “sairia do Tesouro”. A afirmação de Gleisi era – como ainda é – tão absurda, que permite pensar que o Tesouro gera dinheiro que não tem origem no imposto pago pelos brasileiros.

Agora, em nova demonstração de abissal ignorância em relação aos mais rudimentares conceitos econômicos, a parlamentar petista volta a afirmar, no Senado, que não há déficit na Previdência.

Gleisi Helena criticou os critérios do governo federal para afirmar que a Previdência tem um déficit de R$ 85 bilhões. Na opinião da petista, “falta incluir nas contas outras fontes de financiamento para concluir que o total de receita cobre o total de despesas”. A senadora paranaense criticou o que chamou de “maldade do governo ao propor um ajuste que atinge os que ganham menos”.

 Foram interpretações voluntariosas e indigentes acerca de fatos econômicos, a defesa insana da contabilidade criativa e a profunda ignorância sobre conceitos elementares de economia, além da corrupção desenfreada, que levaram o PT à débâcle. Apesar disso, os petistas continuam regurgitando a tese de que o partido é a derradeira salvação do universo, como se a legenda fosse uma catapulta de gênios tropicais e Messias genéricos.

De igual modo, o mencionado conjunto de fatores embalou a então presidente Dilma Rousseff em sua desvairada missão de arruinar a economia do País, produzindo mais de 12 milhões de desempregados, trazendo de volta a inflação e desacreditando o Brasil mundo afora.

Gleisi Hoffmann, sempre a reboque de discursos delirantes no Senado, mostra que, assim como os Bourbon, os petistas “não aprenderam nada, não esqueceram nada”. Em vez de querer provar conhecimento sobre um assunto que desconhece. Gleisi deveria criar coragem e explicar aos brasileiros sua decisão de guindar ao cargo de assessor especial da Casa Civil um pedófilo condenado a mais de cem anos de prisão.

 

Compartilhe:
  •  
  •  
  •  
  •  
  •  

2 Responses to Acreditando ser o “Aladim de saia”, Gleisi continua a exalar seu analfabetismo econômico no Senado